Proteja-se contra a epidemia de palestrantes ruins!

Estamos presenciando uma epidemia chamada palestrantes vagos, que tem se alastrado por todo o Brasil em uma velocidade assustadora. Este surto é um dos principais responsáveis pela perda de tempo, bocejos frequentes, perda de dinheiro e tédio. Os causadores possuem as mais variadas formas, entretanto, algumas características podem te ajudar a identificar e a prevenir a proliferação dessa praga.

Não existe nada melhor que assistir uma boa palestra, com um excelente conteúdo que tenha o poder de mudar à nossa maneira de pensar e nos apresente novos pontos de vistas para coisas que já conhecemos –  ou ainda simplesmente nos introduza algo de valor despertando a nossa curiosidade pelo tema abordado.

Infelizmente estamos vivendo um surto de palestrantes despreparados, com temas rasos, que não possuem a eloquência, domínio do tema abordado e cadencia necessária para engajar e despertar o interesse na audiência, além do sono e o tédio.

Antigamente palestrantes eram pessoas que possuíam muita experiência no assunto em consonância com muita prática e devoção ao tema. Hoje em dia dar palestras é sinônimo de renda extra, dinheiro fácil e marketing pessoal. O que faz oportunistas saírem literalmente de qualquer lugar para criarem palestras inúteis, somente pelos objetivos de obter dinheiro e sucesso, sem se importar se vão ou não agregar algo de bom nas vidas de quem os assiste.

Realidade triste que estamos vivendo, porque palestras sempre foram um ótimo canal de divulgação de novas ideias, de compartilhar conhecimento e influenciar pessoas a conseguirem uma vida melhor através do conhecimento adquirido. Se o palestrante não estiver preparado, não possuir conhecimento, logo a palestra recebida não irá agregar nada benéfico na vida de ninguém, então qual o motivo de querer fazer uma palestra em primeiro lugar? Eu simplesmente não vejo outros motivos além de querer ganhar dinheiro.

Para prevenir-se dessa pestilência antes de comprar um ingresso, verifique o histórico do palestrante, procure saber opiniões de pessoas que já atenderam alguma de suas palestras e se puder procure pelo currículo desse palestrante. Essa simples busca, pode te prevenir de gastar seu dinheiro e assistir a uma palestra entediante.

Se você olhar algum vídeo desse pseudo palestrante, e perceber muita leitura de slides no Power Point, fique atento! Se for para ler uma apresentação um dos dois não é necessário, seja o palestrante ou o slide. Assim como a utilização em excesso de muitas interjeições “hmmm”, “ããh”, entre tantas as outras.

Palestras são incríveis e podem realmente mudar vidas. Então se te convidarem para uma palestra gratuita não seja muito crítico, visto que todos precisam de um começo certo? Mas sempre preze por um conteúdo de qualidade e no mínimo o palestrante deverá estar preparado, caso contrário a palestra será um fracasso.

Palestrantes profissionais se preparam muito e ensaiam ao extremo. Além disso, muitos fazem aulas de teatro e de voz para conseguirem transmitir a mensagem com mais efetividade e não fazer as pessoas desperdiçarem tempo e dinheiro. Os amadores não se preparam muito, tão pouco conseguem entregar a mensagem com qualidade, pois só estão pensando em quantos ingressos vão conseguir vender.

No votes yet.
Please wait...